OS DEUSES E SUAS CRIATURAS   (10/05/2014)
Contos
Por: Anticristo

Quando formaram a Terra, todos os deuses quiseram pôr nela seus representantes. E assim fizeram. Mas o deus antropomorfo venceu a disputa e deu o domínio do planeta aos homens. Todavia, o homem o decepcionou, e ele prometeu que a vingança será maligna!
 
 Os seres vivos que habitam a terra têm formas as mais variadas. Cada um é a imagem e semelhança do deus que o criou. Mas o deus criador do homem expulsou da Terra os outros deuses, deixando apenas as suas criaturas.
 
 Quando o homem se multiplicou bastante sobre a Terra, tornou-se muito atrevido e começou a fazer muitas coisas contra a vontade do seu criador, até que este “se arrependeu de ter posto o homem sobre a terra” e decidiu matar tudo que vivesse no planeta. Planejou uma imensa inundação para afogar a todos.  Todavia, pensando um pouco, Jeová, o deus antropomorfo, criador do homem, percebeu que a inundação não eliminaria os representantes dos deuses das águas e alterou os planos. Escolheu um homem que não o aborrecia tanto quanto os outros e mandou que fizesse um grande barco e nele preservasse, consigo e seus familiares, um casal de cada representante dos outros deuses. E assim procedeu Noé, o repovoador da Terra.
 
 Alguns séculos de repovoamento do planeta, os homens recomeçaram a adorar os outros deuses. Jeová se irritou sobremaneira com esse comportamento desrespeitoso. Escolheu dentre a humanidade uma outra família para representá-lo e disse: “Eu sou o Senhor. Não terás outros deuses diante de mim”. Jeová ameaçou castigar até a “terceira e a quarta geração” daqueles que o aborrecesse.
 
 Novamente, o povo escolhido de Jeová fez pouco de suas ordens e passou a adorar outros deuses. Jeová castigou-os várias vezes, e eles não tomaram jeito.
 
 Jeová fez novo plano. Decidiu enviar seu próprio filho para guiar seu povo escolhido. E o filho fez suas tentativas.
 
 Mas os seus eleitos, submissos aos dominantes da época assim como nossos governantes, rejeitaram o deus filho, prenderam-no e o entregaram aos dominantes, que meteram o cacete nele e o crucificaram.
 
 Entretanto, como um certo grupo do povo era fiel ao deus filho, esse prometeu ao resto do mundo que retornaria um dia para trazer paz à Terra e, por incrível que pareça, persuadiu o próprio império que o crucificara a se tornar testemunha de Jeová.
 
 Daí para a frente foi que a coisa ficou preta para quem tomasse outro partido. O deus filho havia prometido que, quando retornasse, mandaria para o inferno os desobedientes. Mas os seus representantes na Terra não tiveram paciência de esperar por ele. Por pouca coisa, acendiam uma fogueira e incineravam os rebeldes. E fizeram isso até perderem o poder.
 
 Mas isso não foi tudo. Um dos apóstolos do deus filho afirmou que Jeová ainda vai tocar fogo nesse mundo, que já é uma bomba, e haverá “um grande estrondo”, e “os elementos ardendo se fundirão”. Os que adorarem outros deuses estarão lascados! O pior é que até aqueles que gostam saltar a cerca para comer fruta proibida não escaparão do incêndio. Aqueles gostam de fazer papel de mulher, pior ainda! Jeová os chamou de malditos, e dizem as testemunhas de Jeová que serão os primeiros a ser assados.



924 exibições


Avalicações
Excelente: 0
Bom: 0
Regular: 0
Ruim: 0

AVALIE ESSE TEXTO


Você gosta de escrever? Quer um espaço para divulgar suas ideias sem pagar provedor?  Clique em crie sua conta, faça seu cadastro e comece a escrever.  Não lhe custará nada, e você poderá estar contribuindo na defesa de um pensamento.

3 usuário(s) online