O PLANO DE JESUS DE NAZARÉ   (13/03/2013)
Religião
Por: Anticristo

Jesus de Nazaré, a cujo respeito só falaram os próprios seguidores, parece que tinha mesmo um plano de derrotar os romanos e reinar em Israel sobre todo o mundo.

Nos dias do Império Medo-Persa, um dos profetas hebreus predissera:

“Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém; eis que vem a ti o teu rei; ele é justo e traz a salvação; ele é humilde e vem montado sobre um jumento, sobre um jumentinho, filho de jumenta. De Efraim exterminarei os carros, e de Jerusalém os cavalos, e o arco de guerra será destruído, e ele anunciará paz às nações; e o seu domínio se estenderá de mar a mar, e desde o Rio até as extremidades da terra... O Senhor dos exércitos os protegerá; e eles devorarão, e pisarão os fundibulários; também beberão o sangue deles como ao vinho; e encher-se-ão como bacias de sacrifício, como os cantos do altar” (Zacarias, 9: 9, 10, 15).

Nos dias Império Romano, surgiram alguns salvadores, que reuniram após si muitas pessoas, mas caíram diante dos guerreiros de Roma.

Entre esses, dizem que houve um, chamado Yeshua, em alguns lugares chamado de “nazareno”, ou outros dito ter nascido em Belém.

Conhecedor da profecia, Yeshua (Iesus em latim, Jesus em português) procurou mostrar ao povo que seria ele o ungido predito, conforme escreveu um dos seus seguidores:

“Quando se aproximaram de Jerusalém, e chegaram a Betfagé, ao Monte das Oliveiras, enviou Jesus dois discípulos, dizendo-lhes: Ide à aldeia que está defronte de vós, e logo encontrareis uma jumenta presa, e um jumentinho com ela; desprendei-a, e trazei-mos. E, se alguém vos disser alguma coisa, respondei: O Senhor precisa deles; e logo os enviará. Ora, isso aconteceu para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: ‘Dizei à filha de Sião: Eis que aí te vem o teu Rei, manso e montado em um jumento, em um jumentinho, cria de animal de carga.’

Indo, pois, os discípulos e fazendo como Jesus lhes ordenara, trouxeram a jumenta e o jumentinho, e sobre eles puseram os seus mantos, e Jesus montou. E a maior parte da multidão estendeu os seus mantos pelo caminho; e outros cortavam ramos de árvores, e os espalhavam pelo caminho. E as multidões, tanto as que o precediam como as que o seguiam, clamavam, dizendo: Hosana ao Filho de Davi! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas!

Ao entrar ele em Jerusalém, agitou-se a cidade toda e perguntava: Quem é este? E as multidões respondiam: Este é o profeta Jesus, de Nazaré da Galiléia.

Então Jesus entrou no templo, expulsou todos os que ali vendiam e compravam, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas; e disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; vós, porém, a fazeis covil de salteadores” (Mateus, 21: 1-13).

Tudo que foi escrito pelos seguidores de Jesus foi feito décadas após a sua morte. Não se sabe ao certo o que é real e o que é pura apologia. Mas, do que está escrito se pode deduzir que seu plano teria sido mesmo chegar ao poder conforme os profetas sempre predisseram.

ÍNDICE SISTEMÁTICO



1066 exibições


Avalicações
Excelente: 0
Bom: 0
Regular: 0
Ruim: 0

AVALIE ESSE TEXTO


Você gosta de escrever? Quer um espaço para divulgar suas ideias sem pagar provedor?  Clique em crie sua conta, faça seu cadastro e comece a escrever.  Não lhe custará nada, e você poderá estar contribuindo na defesa de um pensamento.

12 usuário(s) online